segunda-feira, 23 de março de 2009

poema: "procuro-me"

PROCURO-ME

- procuro quem sou,
perdi-me algures na ingenuidade de algum sonho,
sigo o rasto da voz que a minha alma escutou,
apercebo-me que era o meu eco quando,páro,atento e olho.
ruas desertas de amor,
escuridão que ofusca o meu ser,
não há gesto que acalme a minha dor,
sinto que a este mundo nunca vou pertencer.
será que erro por ser diferente?
mas,a nada nem ninguém pretendo ser igual,
procuro por mim,mas sei que não estou presente,
serei o contrário; ou apenas especial?

GI

10 comentários:

Green Eyes disse...

quando dizemos isto é porque no fundo já nos encontramos ;)

e é tão bom não sermos iguais a toda a gente, somos como somos e o que interessa é gostarmos de nós :)

beijinhos de eu gosto de ti

Licas disse...

Olá Gi
Agora ao passar pelos blogs que visito frequentemente, encontrei um texto que achei adaptar-se a ti.
Queres lê-lo?
Procura este endereço
http://pequenoquiproquo.blogspot.com/
Depois lê a "gota de Água" e tenta compreender a hist+oria. Lê de seguida os comentários e detem-te naquele que o "vício" enviou.
Medita!
Quem sabe se encontras algumas respostas.
Beijinhos
Licas

Pedro Barata disse...

Gostei do teu blog...
Saudações

PaulaPan disse...

Olha Olha, ca estgou eu a fazer uma visitinha... e irei voltar... gostei do teu blog xD

Green Eyes disse...

vou-te contar um segredo... chega aqui bem pertinho ;)

as amizades ainda existem sim... e aparecem assim sem razão aparente...

beijinho AMIGA :)

Administrador do site disse...

Insistimos em procurar-nos,porque não suportamos a crueldade do encontro...
Somos reféns das palavras, sentimos a repetição dos gestos,ficamos cansados desta lucidez sem tréguas que nos impede de ser inconscientemente felizes...
Gisela, deves gostar de visitar o sie do Pedro, ele é um jovem como tu, é professor e tem o site:
http.//melodiadopensamento.blogspot.com
O Pedro é meu filho!

Seca Adegas disse...

uiiiii...

Pedro S. Martins disse...

o encontro está na procura.

Andreia disse...

Que a procura continue e que o encontro seja o esperado.
És especial!

Anónimo disse...

JÁ TE ENCONTRASTE, ÉS A GISELA, ÚNICA. BEIJINHOS