terça-feira, 13 de janeiro de 2009

POEMA: "ESTOU SÓ"

ESTOU SÓ
- estou só,
sem as palavras que me acompanhavam,
sem a poesia que tanto me deu,
sinto que já não sou eu,
era tudo o que tinha
quando todos me abandonavam.
estou só,
sem o toque dos teus dedos,
sem o som da tua voz,
perdi a vontade de enfrentar os meus medos,
reconheço que já não existe o "nós".
estou só,
sem a magia dos sentimentos,
sem o amor em que teimava em me apoiar,
em mim vivem os momentos
que passámos,desculpa mas não os consigo apagar.
estou só,
partiste sem dizer nada,
o meu coração bate por bater,
sinto que fui abandonada,
apesar de, à tua vida nem sequer pertencer!

GI

3 comentários:

Anónimo disse...

Querida afilhada, os teus poemas estão mais sensíveis, maduros. Estou sempre contigo, tu sabes disso. ÉS Linda.

gisela disse...

é tao fácil falar, nao é? a dor consome-me a cada dia que passa...fazer 4 poemas de seguida ,num apice? nao é normal, tenho de estar mesmo mal, preferia nao escrever, era sinal que estava bem, ninguem me compreende, ninguem mesmo, todos me criticam,todos me voltam as costas e ninguem me da valor, gosta de mim? desculpe mas nao acredito... prefiro acreditar que nao, pois talvez nao me magoe tanto, la esta ,talvez,ja estou muito magoada. as atitudes nao sao iguais as palavras e isso deixa-me no fundo do poço... mas sei que nao me compreende. elas tem razao, nao é etico, e voce sabe-o por isso afasta-se...

Alexandra Bento disse...

ariana e o teu nome minha filha meu amor de todos os jardins es a mais bela flor..amo-te princesa. (alexandra)