segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

poema: " utopia "

UTOPIA

- quero segurar-te nas mãos e ficar...
guardar o momento eternamente,
quero mais do que aquilo com que posso sonhar,
persistente utopia que faz parte da vida da gente.
quero a paz que necessito,
acordar solene e adormecer feliz,
quero poder mostrar todo o que sinto,
mas o receio não deixa,e a boca não diz.
quero mais do que tudo...
tento que o sonho comece a desfalecer,
mas ele permanece com todas as forças,
e eu inconsciente paro de viver.
o que quero não me pertence,
nada posso fazer para que aconteça,
utopia nunca se esquece,
e por essa mesma razão não sai do coração nem da cabeça.

4 comentários:

Andreia disse...

Espero o mesmo *.*

Uma amizade nunca desvanece!

Anónimo disse...

A UTOPIA NÃO EXISTE NA NOSSA SOCIEDADE, ERA LINDO, MAS NÃO É ASSIM .FICAM AS VERDADEIRAS AMIZADES PARA SOBREVIVERMOS COM A AJUDA E A FORÇA DO AMOR DE DEUS.

Marquês de Sade disse...

Olá!
Tenho um desafio para ti!

Sónia disse...

Não se pode agarrar entre as mãos nada disso. Agarrar não é a melho opção. Porque só o que é livre é que é digno de ser amado.